facebooktwitterlinkedinfacebooktwitterlinkedin

A maioria das empresas portuguesas do setor industrial tem nos gastos com energia elétrica uma das suas maiores despesas. É por isso crucial que seja adotado um sistema de monitorização e de gestão de energia, com vista ao aumento da eficiência energética e à redução dos valores das faturas de eletricidade. As vantagens de um sistema destes podem representar enormes poupanças.

Alocação de custos

Monitorizar os consumos energéticos das diferentes linhas de produção possibilita a imputação dos respetivos custos a cada produto. Conhecer com exatidão estes custos é essencial para a determinação do preço de venda.

Da mesma forma, medir os consumos de cada setor em tempo real e manter um histórico atualizado facilita a alocação de custos a cada processo. É igualmente muito mais simples detetar quais os setores e equipamentos que necessitam de melhorias ou de ser reestruturados.

Monitorização remota

A eficiência energética passa também por perceber quais os horários de funcionamento exatos dos vários equipamentos. Deixar a ventilação ou a iluminação ligadas acarreta custos significativos, tal como os períodos de tempo, por mais pequenos que sejam, em que as máquinas do processo produtivo estão a funcionar desnecessariamente.

Um bom software de gestão energética permite acabar com estes gastos supérfluos com um simples clique. E pode ser feito remotamente, a partir de qualquer dispositivo com ligação à internet.

Alarmística e manutenção preventiva

Estabelecer parâmetros de funcionamento normais para cada ponto de monitorização permite ao sistema de alarmística alertar os responsáveis da manutenção para consumos anómalos e possíveis avarias, seja através de SMS ou e-mail.

Esta funcionalidade pode eliminar paragens na produção, informar sobre tempos de vida útil de equipamentos, corrigir imediatamente anomalias, e otimizar todo o processo de manutenção. Adicionalmente, a existência de histórico e de anotações auxilia, de uma forma decisiva, a gestão energética de todo o sistema de produção.

Sem a alarmística, um sistema de monitorização e gestão energética não está completo. E certamente os técnicos de manutenção irão agradecer a existência desta funcionalidade importantíssima, assim como toda a organização.

Programação e deslastre de cargas

Com um software de gestão de energia é fácil programar o funcionamento das mais diversas cargas, iluminação, AVAC, ventilação, fornos, mós, etc. Através do controlo remoto e da análise dos períodos de funcionamento essenciais de cada uma das cargas consegue-se otimizar o custo geral com energia elétrica. Frequentemente, esta análise permite realizar o deslastre de algumas cargas, para horas de vazio e super vazio, onde as tarifas são mais baixas, sem que isso afete o normal funcionamento da produção.

A programação e o deslastre das cargas são tarefas complexas de analisar e realizar. Porém, com um bom sistema de monitorização e gestão energética esta tarefa torna-se simples e acessível.

Em suma, é fundamental conhecer em detalhe os consumos, evitar desperdícios, detetar avarias e distribuir os consumos pelos períodos de vazio e super vazio, para se considerar que um processo produtivo está otimizado. A instalação de um sistema de monitorização e gestão de energia conduz a poupanças consideráveis. Quem já o integrou na sua unidade fabril não abdica dele. Por nada…

facebooktwitterlinkedinmailfacebooktwitterlinkedinmail